terça-feira, 21 de junho de 2011

Kauan e a Lenda das Aguas - Making of - Storyboard/Storyreel

Fala galera!
Dando prosseguimento aos posts do Kauan agora é a vez de começarmos a falar de uma das partes mais importantes do processo de se fazer um filme de animação. O storyboard. O Storyboard é extremamente importante e paradoxalmente no Brasil é extremamente mal utilizado. Pensa-se que o SB (storyboard) é só uma fase para dar uma primeira olhada no roteiro visualmente e que depois o processo evolui no animatic 3D. Mas o grande lançe do storyboard é que ele serve para ver se a história está funcionando, muito mais do que cameras, o storyboard é o responsável por mostrar o filme como um todo no quesito história. É para isso que ele é importante e é por isso que devemos detalhar, estudar, corrigir e muitas vezes modificar completamente sequencias que não funcionem no SB, antes de sair para o 3D. Quando a Pixar estava trabalhando em Nemo, o filme já havia começado quando o time criativo do filme viu que alguma coisa estava errada e eles derrubaram sequencias inteiras do filme, o que culminou em outras novas e outras que não faziam sentido sem as que foram tiradas, enfim, o SB tem que ser a alma do seu filme. Você tem que olhar para o SB e conseguir visualizar o projeto todo, as gags, os dramas e também as cameras, porque a gente pode contar uma história linearmente, como livro infantil mas toda a carga dramática traduzida pelos ângulos de camera e composição são peça chave para uma boa narrativa.
Aqui está o filme Kauan e a Lenda das Águas 2 em StoryBoard!
Abraços,

Um comentário:

Fred Spósito disse...

Oi!

Parabéns pelo trabalho e iniciativa e parabéns pelo texto, por ajudar a divulgar as informações e processos de maneira correta. No Brasil, com essa onda 3D, o que temos é fãs de tecnologia e não de animação, e esses conceitos primordiais, fundados principalmente por Walt Disney, não fazem parte do processo criativo e de produção desses profissionais.

Muito bom o seu projeto e parabéns novamente! Siga em frente!

Abraços.