segunda-feira, 11 de maio de 2009

Direto ao Ponto!



Essa personagem pra mim é a personagem feminina mais marcante na animação e esta sem dúvida é a sequencia mais bem criada para mostrar como se faz uma personagem marcante. Prestem atenção como há uma quantidade fantástica de moving holds, marcadas por excelentes poses. Sempre me perguntam a respeito de como deixar o personagem vivo, aí vai um grande exemplo, percebam que ela "fixa" o corpo em uma posição e utiliza dos braços e cabeças para enfatizar o movimento. ela gasta uma boa quantidade de energia nas expressões faciais fazendo com que todas as atenções fiquem presas no diálogo e na intensidade do que ela quer passar. Como Ollie disse uma vez, (gostaram? Ollie, é que eu sou intimo do Ollie Johnston ahaha!) A Acão Mata o Diálogo! O que ele queria dizer? É que muitas vezes a gente quer passar muita coisa ao mesmo tempo, ou seja, as vezes a gente acha que um diálogo forte tem que ser marcado por poses bem extremas (leia-se bem diferentes umas das outras) quando na verdade a força do diálogo está em passar a carga emocional de forma mais direta possível e mais impactante. Se o o personagem fica se mexendo de um lado para o outro como um biruta de posto de gasolina, a gente acaba perdendo a atenção nos detalhes que realmente contam. Então sempre que estiver planejando uma cena, não existe a necessidade de se mexer de um lado para o outro mas atenha-se no que é importante para tocar o seu espectador, que vem do ingles expectador, que vem de someone who expetcs something ou seja, o espectador é alguém que espera algo; então entregue para ele o melhor e mais direto possivel a emoção da cena. Você, como animador, não precisa florear e fazer todos os princípios de animação para atingir isso! Veja na primeira cena que Collete aparece. Ela mal se mexe, mas já conseguimos sintir, somente com aquele moving hold, que a coisa vai esquentar!
Depois, o animador muto sabiamente foi usando moving holds e snaps entre as grandes mudanças de atitude para passar a falta de paciencia e a afetação pelo insignificante Linguini!
Vá direto ao ponto!

7 comentários:

Guilherme Gubert disse...

Puts curti muito esse post, acho que essa é uma das coisas mais dificeis de se fazer em uma animação,fora que não tem tantos textos/dicas por ai, eu pelo menos não achei.

Parabéns pelo blog, é realmente muito bom!

Rodrigo Souza disse...

E aí Bruno, tudo em ordem?
Cara, estou acompanhado o blog e estou gostando pra caramba, muito bacana mesmo, valeu!

Rene Singer disse...

Legal Bruno!
Sou fã do diretor Brad Bird, e esse filme eu acho o máximo, em todos os aspéctos. Realmente,como vc postou, todos os personagens são bem envolventes. Curti muito o post.
Parabéns!

Cristian Andrade disse...

Bem interessante. Realmente ao fazer um acting tenho a impressão q o personagem não pode se parar de mover, tem que estar sempre gesticulando. Mas pelo que andei estudando ultimamente já deu pra ver que isso não é verdade. Sutileza é difícil de fazer mas funciona muito bem. Aí tá a prova.

crenteenerd disse...

Muito bom esse post! Aliás seu blog tem sido muito útil e muito interessante!

Fr@Nci$ disse...

Cara, bora ver se eu entendi, no polish vc não usou o graph editor? vc fez a mão mesmo? Step by Step?

Parabéns pelos posts!!!

Bruno Celegão Monteiro disse...

Isso mesmo Francis, eu tento usar o menos possivel o graph editor para poder ficar o menos possivel na mao do pc